Tratamento Especial

O Regime de Tratamento Especial será concedido ao aluno que tiver afastamento de 7 (sete) ou mais dias. Os pedidos para concessão do Regime de Tratamento Especial devem ser protocolado na central de atendimento:

  1. em até 10 (dez) dias úteis (o protocolo pode ser feito realizado procuração)
  2. com documento comprobatório nos casos:
    • tratamentos médicos ou odontológicos: (ex.: cirurgias, licença maternidade,…)
    • convocações militares (ex: apresentação, campanha,..)
    • representação institucional (ex.: jogos oficiais, competições oficiais,…)

Nestas condições o aluno deverá realizar atividades acadêmicas domiciliares com prazo definido, determinadas pelos professores das disciplinas, para compensação de conteúdos e frequência.

As avaliações não poderão ser compensadas e deverão ser realizadas pelo aluno normalmente ou com protocolo de pedido de segunda chamada.

Para o regime de tratamento especial não serão aceitas convocações de trabalho ou declarações de viagem à serviço como justificativa, uma vez que o aluno está regularmente matriculado no horário de realização da disciplina.

“A análise e parecer sobre o requerimento do regime de tratamento especial são de competência da Coordenação de Curso”
“Não ficam dispensados de prestar as avaliações e exames finais juntamente com os demais colegas de turma nas datas fixadas pelos professores, ou a seu critério, por solicitação de prova de segunda chamada”
Manual do Aluno, item 7, pág 25, Regime de Tratamento Especial

cropped-logo_engmec_unibrasil.png

 mecanica@unibrasil.com.br